terça-feira, 6 de junho de 2017

Palestra sobre Agricultura Biológica - biblioteca da Escola Básica de Gualtar - 5/06/2017

1. Palestra





Aspetos abordados:

1. Falta de uniformização terminológica:
"Agricultura Biológica"  -  Portugal
"Agricultura Natural"  -  Japão
" Agricultura Ecológica"  - Espanha e Dinamarca.

2. Livros aconselhados:
·         Manual da Agricultura Biológica- tomo 1 da Agrobio.
·         Primavera silenciosa de Raquel Carson.

3. Boas práticas:
Devemos ser nós a fechar o próprio ciclo, ou seja assegurar as sementes:
·         consumir e deixar algumas espécies para semente;
·         em fevereiro (aproximadamente) fazer o alvéolo, para se plantar em março/abril consoante o clima.

 4. Boas práticas seguidas na horta assinaladas pela engenheira Ângela:
·         colocação de cravos túnicos, pois são ótimos para afastar pragas e como repelente de insetos.
·         compostagem

5. Outros aspetos a considerar:
·         nas compras ter em atenção as etiquetas que devem mencionar “certificado para agricultura biológica”.
·         criar uma sebe, que pode ser de funcho, alecrim, arbustos de fruto, romãzeiras, etc.
·         em setembro /outubro plantar tremoceira, ervilhaca, para depois, na altura das plantações, fazer o reviramento das terras, de forma a pudermos plantar. (A  maioria destas espécies tem a propriedade de fixar azoto/Nitrogénio nos solos, e muitas são utilizadas como fertilizante natural em zonas agrícolas).
·         junto à rede ficaria bem colocar maracujás, ou outra planta trepadeira.
·         sempre que utilizarmos materiais de apoio à horta devemos utilizar madeira não tratada, pedras, barro, argila,..( a madeira tratada /pintada/ envernizada não é conveniente, pois com as chuvas acaba sempre por haver contaminações)
·         nas culturas de espinafre não é necessário retirar as ervas daninhas, pois estas não fazem mal aos espinafres (os espinafres é que fazem mal às ervas daninhas)
·         deixar descansar 1/4 da horta durante 4 estações do ano;


2. Visita à horta



Sem comentários:

Enviar um comentário